top of page
  • Foto do escritorMarcelo Nogueira

Optometria pediátrica, saiba como é feito o exame de vista em crianças

Atualizado: 8 de ago. de 2022



Optometria pediátrica é uma área da Optometria que visa demonstrar a importância da avaliação primária em saúde visual e ocular em crianças, compreendendo as técnicas específicas para realização da avaliação visual desde o nascimento até a pré-adolescência.

Em uma avaliação pediátrica se busca detectar e tratar problemas oculares, visuais, motores e binoculares que possam interferir no processo de desenvolvimento normal da visão da criança. Prevenindo precocemente a ambliopia e estrabismo, corrigindo quando necessário os defeitos refrativos encontrados.

Importante lembrar que ao nascimento a visão ainda se encontra bastante imatura, as crianças não nascem enxergando bem, esse é um processo que acontece durante os primeiros anos de vida, encontrando certa maturidade e razoável qualidade de visão por volta dos 4 anos de idade.



Para que a visão se desenvolva de maneira correta é importante haver certas condições que possibilitam esse desenvolvimento, como boas condições anatômicas e fisiológicas, além de ser preciso que as imagens sejam nítidas na retina de cada olho.

Qualquer alteração como desvios oculares, falta de transparência nos meios refrativos do olho ou defeitos refrativos anormais para a idade devem ser o quanto antes identificados e tratados, pois os primeiros meses de vida representam o período crítico no desenvolvimento.

Ao avaliar a visão das crianças o optometrista utilizará de técnicas diferentes de acordo com a idade da criança e através delas conseguirá mensurar a acuidade visual.

Um exemplo são as raquetes de olhar preferencial, onde são apresentadas ao bebe duas raquetes, uma de referência, inteira cinza e outra que apresenta diferentes larguras de listras brancas e pretas. Os bebes tendem a preferir e seguir com os olhos as raquetes listradas, vai se diminuindo o tamanho das listras até a criança não mais conseguir diferenciar a raquete listrada e a raquete toda cinza, a menor largura de listras que o paciente pediátrico conseguir distinguir nos dará a estimativa de sua acuidade visual.

Já para parte refrativa, ou seja, medir o grau que a criança possa apresentar, o optometrista utiliza de técnicas objetivas que não necessitam de nenhuma resposta do paciente, sendo a retinoscopia a mais usada, neste teste o optometrista consegue com muita precisão medir o problema visual e identificar qual a lente mais apropriada para a correção visual dessa criança.

Portanto podemos assegurar que o acompanhamento com o optometrista deve acontecer desde o nascimento e durante toda a infância para que se garanta boas condições de desenvolvimento para a visão das crianças.


Marcelo Nogueira é optometrista e atende em Optocentro Saúde e Reabilitação Visual em Itapetininga-SP

Especialista em Optometria Pediátrica, atende crianças de todas as idades.

Agende já a sua consulta


295 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page