top of page
  • Foto do escritorMarcelo Nogueira

Lentes de contato no ceratocone

Atualizado: 8 de ago. de 2022



A córnea com ceratocone apresenta um astigmatismo irregular que não permite uma visão satisfatória quando é corrigido com óculos, diferente das lentes de contato, pois estas conseguem regularizar a superfície da córnea.

Porém, é preciso uma correta análise clínica, pois o processo de adaptação das lentes de contato difere segundo a severidade do ceratocone e a técnica de adaptação, o que pode incidir em complicações visuais e oculares pós-adaptação.

A adaptação de lentes de contato em pacientes com ceratocone é um dos tipos de adaptação que mais ocorrem, devido a prevalência do ceratocone, que é de 1 caso para cada 2.000 pessoas. O principal objetivo no tratamento de pacientes com ceratocone é restaurar a visão e para isso as lentes de contato são o principal meio de correção, sendo a primeira opção de correção em 90% dos casos.

As adaptações de lentes de contato para ceratocone são consideradas adaptações especiais, pois implicam no conhecimento de diversas áreas como: topografia corneal, avaliações de fluorogramas atípicos e desenhos de lentes de contato especiais para ceratocone. A análise em particular das características de cada ectasia pode levar a adaptações diferentes de um olho para o outro, inclusive num mesmo paciente, tornando a adaptação de lentes de contato em ceratocone um procedimento muito individualizado, resultando que para cada caso se chegará a conclusões diferentes dependendo de variáveis como desenhos de lentes ou técnicas de adaptação. O conhecimento de diferentes técnicas permite uma melhor escolha na adaptação de lentes de contato em ceratocone, considerando a semiologia observada. Em ceratocone leve, lentes de contato gelatinosas podem ser utilizadas. Porém, com o avanço do ceratocone, se faz necessário adaptação de lentes rígidas gás permeáveis (RGP), por isso se sugere sempre que possível iniciar a adaptação por lente rígida. Para a adaptação, três parâmetros são importantes: diâmetro da lente, curva base e potência.

As lentes de contato Rígidas (RGP) esféricas, podem ser adaptadas em córneas com ceratocone leve a moderado, pois estão disponíveis em uma grande variedade de materiais com diferentes transmissibilidades de oxigênio.

As lentes de contato Rígidas (RGP) asféricas, diferente das esféricas, simulam a superfície da córnea, pois apresentam um aplanamento do centro para a periferia de maneira gradual, sendo indicadas em todos os estágios do ceratocone.

A melhor lente sempre será aquela que proporciona qualidade de visão, não altere uma córnea que já é patológica e seu uso seja bem aceito pelo paciente.


Marcelo Nogueira é optometrista em Optocentro Saúde e Reabilitação Visual em Itapetininga-SP

Especialista em adaptação de lentes de contato personalizadas

Agende já a sua consulta


220 visualizações0 comentário
bottom of page