top of page
  • Foto do escritorMarcelo Nogueira

Astigmatismo, saiba mais!

Atualizado: 10 de ago. de 2022


Astigmatismo é um defeito na curvatura da córnea, uma estrutura transparente que se localiza bem na parte da frente dos olhos e é a principal responsável por fazer a convergência da luz e focalização das imagens na retina.

Em pessoas com a visão boa, a córnea tem um formato esférico, enquanto nas pessoas que tem astigmatismo ela apresenta deformações em sua curvatura fazendo com que se enxergue os objetos distorcidos, podendo até parecer que eles estão duplicados. Para lidar com esse problema visual o indivíduo pode recorrer a óculos, lentes de contato ou até mesmo a cirurgia refrativa

Na maioria das vezes, o quadro surge em pacientes com histórico familiar ou que coçam muito os olhos. O astigmatismo pode aparecer desde o nascimento, ou surgir ao longo da vida.

Como uma pessoa que tem astigmatismo enxerga?

Para entender a visão de uma pessoa que apresenta astigmatismo, é necessário entender a estrutura do olho. Ao olharmos para algum objeto, seja ele longe ou perto, feixes luminosos atravessam nossa córnea e chegam até a retina, lá no fundo do olho. Na retina eles se transformam em um impulso elétrico que é levado ao cérebro para que aquela informação seja traduzida como uma imagem. É assim que nós enxergamos tudo o que está ao redor.

Quando a córnea não tem uma curvatura ideal, o feixe luminoso proveniente do mundo exterior se espalha e forma um pequeno borrão no fundo do olho, ao invés de incidir em um único foco.

Por isso, portadores de astigmatismo não enxergam as coisas com 100% de nitidez, dependendo do grau do astigmatismo os objetos ficam borrados ou até duplicados, como os famosos fantasmas de televisões antigas. Em leitura de um livro, por exemplo, algumas letras são legíveis e outras não.

O paciente começa a ter sintomas como dor de cabeça e cansaço visual, porque sente desconforto pelo esforço que por vezes faz na tentativa de diminuir o embaçamento visual.

Tipos de astigmatismo

O astigmatismo pode ser classificado como regular e irregular, o astigmatismo regular é o mais comum, nesse caso a córnea apresenta formato oval, mas apresenta uma certa regularidade, esse tipo de defeito pode ser corrigido com óculos ou lentes de contato tradicionais. Já no astigmatismo irregular existe uma deformação muito desigual, geralmente existe uma causa patológica para isso, como no ceratocone, pós cirurgia refrativa ou então após transplante de córnea, esse tipo de astigmatismo é de difícil correção, por vezes não apresenta melhora com os óculos sendo necessário lentes de contato especiais de material duro (Rígidas) na tentativa de regularizar a superfície da córnea.

Para detectar o astigmatismo, o especialista faz exames que avaliam a curvatura da córnea e testes de visão no qual o paciente tenta ler letras e números de vários tamanhos. É um exame parecido com o que detecta a miopia e a hipermetropia.

Dá para prevenir astigmatismo?

Infelizmente não existe uma receita para prevenir o astigmatismo. Mas dá para reduzir um pouco o risco se você não ficar coçando o olhos.

No mais, fique atento aos sintomas e à qualidade da sua visão. Quanto antes você detectar o astigmatismo, mais fácil será lidar com ele.


Marcelo Nogueira é optometrista em Optocentro Saúde e Reabilitação Visual em Itapetininga-SP.

Especialista em Ciências da Visão, tem vasta experiência na área.

Agende já a sua consulta.


540 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page