top of page
  • Foto do escritorMarcelo Nogueira

Baixa Visão ou Visão Subnormal

Atualizado: 10 de ago. de 2022


Existem vários tipos de deficiências visuais, dentre elas está a Baixa Visão ou também conhecida como visão subnormal.

Segundo classificação internacional é considerado portador de Baixa Visão quando o indivíduo, já usando sua melhor correção (óculos ou lentes de contato) e em seu melhor olho, apresenta acuidade visual menor que 0,3 (20/60 na tabela de snellen) ou então quando apresenta redução significativa de seu campo visual sendo este menor que 20 graus.

Isso quer dizer que esse indivíduo vai encontrar muitas dificuldades em seu dia a dia, pois em outros termos, o mesmo apresenta menos de 30% de visão. E os meios tradicionais de correção não irão ajudar de maneira significativa.

As causas dessa baixa visão são variadas, podendo ser:

Congênitas: já ocorrem no nascimento, por exemplo: coriorretinite macular por toxoplasmose; muitas vezes são de origem genética, familiar, como retinose pigmentar, glaucoma congênito, catarata congênita, etc.

Adquiridas: por doenças adquiridas, como diabetes, descolamento de retina, glaucoma, catarata, degeneração senil de mácula, traumas oculares.


Nesses casos, na tentativa de melhorar e aproveitar ao máximo o pouco de visão que resta a esses pacientes, durante a reabilitação visual são utilizadas outras técnicas, onde geralmente são utilizados auxílios ópticos que aumentam o tamanho dos objetos, tornando possível melhorar o desempenho visual dos portadores de Baixa visão em algumas atividades tanto de longe como para perto.



Os mais utilizados são lupas para perto, podendo ser manuais ou montadas em armações de óculos, além de telescópios para longe, que também podem ser manuais ou montadas em armações de óculos.

Além desses auxílios ópticos podem ser utilizadas outras técnicas como por exemplo: direcionamento de iluminação e filtros que podem melhorar o contraste.

Importante destacar que em casos de Baixa visão, cada caso é diferente de outro, portanto apenas o especialista poderá avaliar e indicar quais as melhores maneiras de correção.


Lembrando que o intuito na reabilitação em portadores de baixa visão não é devolver a visão normal mas sim melhorar o aproveitamento e maximizar o resíduo de visão que ainda resta e em muitos casos essa melhora já é suficiente para transformar a vida desse indivíduo, para muito melhor.


Marcelo Nogueira é optometrista em Optocentro Saúde e Reabilitação Visual em Itapetininga-SP

Especialista em Ciências da Visão, tem vasta experiência em reabilitação visual em portadores de Baixa visão.

Agende já a sua consulta


109 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page